Histórico

2012

• Lançamento oficial da campanha

• Gibi criado por Mauricio de Sousa falando sobre a importância de cuidar da pele durante a exposição solar.

2013

• 20 mil exemplares da revistinha foram distribuídos nos litorais norte e sul do estado de São Paulo.

• Kits com 35 gibis foram enviados para 6.676 consultórios de dermatologistas de todo o Brasil, além de 2.000 exemplares para cada um dos 21 Serviços Credenciados do estado de São Paulo.

• Elaboração da logomarca da campanha

• Proposta sugerindo a criação de lei que estabelecesse um programa de prevenção ao câncer de pele nas escolas públicas e particulares do município.

• Kit educacional para formação de professores contemplando apostila, curso de educação a distância (Ead) e videoaula.

• Primeiro treinamento voltado a educadores ministrado para 64 orientadores educacionais dos municípios de Santos e São Vicente. Acordos de cooperação técnica para desenvolver a campanha com as Secretarias de Educação destas duas cidades, beneficiando diretamente cerca de 40 mil alunos.

• Palestras ministradas na Câmara Municipal de Santos para alunos de escolas particulares e também em escolas da cidade de Itatiba.

• Parceria com o Rotary International – Distrito 4420 e o Grupo Brasileira de Melanoma.

• A SBD Nacional e SBD-Resp celebram acordo para levar a campanha a todo o Brasil. É produzido o filme em DVD e reimpressos mais 500 mil exemplares de gibis.

• Parceria com a agência de publicidade Tino para captação de patrocínio.

• A Câmara Municipal de São Paulo aprova, em primeira instância, a Lei 15.792, que oficializa a Semana de Educação à Exposição Solar Infantil Preventiva ao Câncer.

• Esta legislação, aprovada em São Paulo, virou referência para os municípios de Santos, São Vicente, Tatuí, Diadema, Limeira, Indaiatuba, Ourinhos (SP), Campos de Goytacazes (RJ) e Bambuí (MG) com leis similares.

• Parceria com o Sesi. Foram 40 mil alunos contemplados nas 175 unidades escolares do estado de São Paulo.

• 18ª Radesp, realizada em Santos: centenas de trabalhos em desenho, blog e música, elaborados em sala de aula, foram expostos e premiados durante o encontro.

2014

• Curso na sede da SBD-Resp para associados interessados em desenvolver as ações da campanha em sua cidade ou comunidade.

• Assinados os termos de cooperação com as cidades de Diadema, Praia Grande, Guarujá, São Sebastião, Porto Ferreira e Embu das Artes.

• A SBD-Resp é convidada para organização do Congresso Educacional do Instituto Cultural Lourenço Castanho sobre as práticas na sala de aula dos trabalhos realizados com os alunos da campanha Sol, Amigo da Infância. Parceria esta que se mantém até hoje.

• Parceria com a Tino Comunicação para desenvolver estratégias de comunicação e captação de recursos da campanha. Criação do site e Facebook, estratégias de relações públicas e realização de pesquisa de opinião pública com pais e professores para avaliar se entendem, de fato, a necessidade da proteção solar em todas as ocasiões.

• Peça teatral: aprovação do projeto junto ao Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, para captação de recursos do espetáculo teatral A Pele e o Sol.

• Produção do livro comemorativo que conta a trajetória da campanha. Distribuição aos associados durante a 19ª Radesp. Premiação aos educadores que se destacaram durante o desenvolvimento das atividades.

• Destaque na newsletter da Liga Internacional de Sociedades Dermatológicas. O informativo, escrito em inglês, dedicou duas páginas inteiras para explicar como funcionam as ações da campanha, divulgando, inclusive, dados numéricos dos resultados.

2015 - 2016

• Continuidade do programa nas cidades de Santos, São Vicente, Diadema, Embu das Artes, na Rede Sesi de Ensino (SP) e Carazinho (RS)

• Também continuidade dos cursos de EaD em Santos, Praia Grande e Diadema.
O associado Dr. Octávio Moraes realizou apresentação para 380 crianças (em 3 turnos) do Colégio Coração de Maria de Santos.

• Em São Vicente, nova abordagem aos professores interessados, através das palestras com objetivo de promover a temática, fornecendo subsídios teóricos e práticos para quaisquer intervenções pedagógicas junto aos alunos.

• No Embu das Artes, a associada Dra. Elisabete Taino ministra curso de capacitação aos professores de toda rede municipal. As escolas produziram trabalhos diversos.

• No Sesi, o programa foi adotado de forma permanente. As 40 escolas do Sesi estão realizando as atividades do Sol, Amigo da Infância e cada unidade tem seu cronograma.

• Em Carazinho, a Liga Feminina de Câncer e a associada Dra. Monica Muller participam todos os anos da campanha.

• Participação no Congresso ICLOC com os projetos desenvolvidos pelos professores.

Números da campanha

• 195.970 alunos contemplados com os conhecimentos sobre fotoproteção em sala de aula.

• 8 Termos de Cooperação assinados com prefeituras e rede Sesi de ensino.

• 1.000 profissionais, entre coordenadores, professores e agentes de saúde participantes dos workshops presenciais.

• 1.081 professores participantes dos cursos de ensino a distância.

• 254 professores do Fundamental I em 479 escolas multiplicaram os conhecimentos em sala de aula.

• 10 projetos de lei aprovados em cidades diversas.

• 18 mil curtidas no Facebook em menos de três semanas.

• 823 pais e 157 educadores em todo o país ouvidos em pesquisa inédita da SBD-Resp, com o objetivo de avaliar se os brasileiros entendem de fato a necessidade da proteção solar.

• 680 mil gibis e 6 mil DVDs da Turma da Mônica ‘A Pele e o Sol’ distribuídos, até o final de 2014, aos associados, escolas, entidades de classe, instituições e hospitais de todo país.

 

Trabalhos realizados pelas crianças: